segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Quase 365

Um ano inteiro dedicado a você, todos os pensamentos, suspiros, lágrimas e sorrisos. Tudo para e por você.
Eu até que comecei bem, tinha as rédeas da relação, fria e calculável controlava todos os nossos passos... Pela primeira vez eu não tava fodendo com tudo, e você, aaah eu juro que vi amor naqueles olhos verdes, pelo menos, carinho. Carinho havia tenho certeza.
E foi assim por muito tempo, e eu não sei em que ponto deu errado. Você acordou e decidiu que não me queria mais? (...) E simplesmente se afastou...
Teria sido melhor, muito melhor, se você tivesse dito alguma coisa, qualquer coisa, que me fizesse te odiar ou ao menos que fizesse com que eu decidisse te esquecer.
Mas você não se manifestou, e eu fico aqui cheia de esperanças, empacada nesse presente provavelmente sem futuro (provavelmente, viu como ainda tenho esperanças?), enquanto você segue sua vida, e olha que você tem uma vida linda pela frente da qual eu queria muito fazer parte, eu fico aqui esperando que você se lembre de mim e me chame pra sair, pra retomarmos nossa história como se fosse um livro, que alguém enjoou de ler e deixou num canto, mas depois sentiu saudades, abriu o livro aonde tinha parado e retornou a ler a historia a fim de saber como ela termina...

Line.

Imagem daqui.

6 comentários:

luzdosolhos disse...

Eu sei como é isso.
Mas é o tipo de coisa que acontece e depois passa. Tu lembra como uma coisa boa do passado, que ficou no passado.
E eu também tenho evitado festas =)
Beijo

Jana disse...

eu ja senti isso, agora dou-me o prazo de 7 dias e depois vida pra frente

beijo

Isa Mozzer disse...

Ai como eu sei o q é isso. Hoje eu vivo outras coisas, já conheci outras pessoas, já amei de verdade, e amo. Mas eu nunca deixei de lembrar, de querer... No meu caso eu realmente fodi com tudo. A culpa foi minha, se eu nao tivesse metido os pés pelas mãos quem sabe teria sido diferente. Merda! Até hoje eu o quero. Não sei por amor/carinho, pq eu realmente tenho algo pra resolver, ou por orgulho ferido, ou algo desse tipo... =/

Isa Mozzer disse...

Vc ouve muita coisa q eu ouço tbm! Seu Jorge? Adooroooooooo :D

Ricardo Soares disse...

sempre é bom blogar para achar um bom lugar como esse ... beijo

maria disse...

realmente, a dúvida ainda é umas das piores coisas