quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Castelos de areia


Sou movida por emoções, a eterna menininha iludida e inconsequente, que não mede esforços para chegar lá, acompanhada e a cavalo é claro, no castelo que os contos de fadas a fizeram acreditar que existe.
Durante toda a minha vida, só cheguei em castelos de areia, que foram levados pela primeira onda malvada, destruidora de lares, destruidora do meu lar.
Alguns até que duraram um bom tempo, resistiram à pequenas ondas, quase que imperceptíveis, e quase se solidificaram. Mas aí, a princesa acabou dando um jeito de, com o perdão da palavra, foder com tudo. Incrível essa minha habilidade para estragar meus próprios contos de fada. Acho que me empolgo demais e acabo assustando o príncipe. Vai ver é medo de ser feliz, e a felicidade de qualquer forma acaba um dia, melhor acabar agora antes que eu me apegue mais ainda, né? Não sei.
Dessa vez eu achei que ia dar certo, tudo bem que eu sempre acho, mas dessa vez tinha tudo pra dar certo, e quase deu. Ou será que ainda tem chances de um final feliz?
O príncipe encantado dos sonhos de qualquer garota, bom, pelo menos dos meus sonhos. Mas de tanto que o beijei, ocorreu o efeito inverso e ele virou sapo! Será que sou eu a culpada? Será mesmo culpa da minha intensidade? Será culpa da bruxa com verruga no nariz? Será que foi porque perdi meu mistério e junto com ele meu encanto? Será que tem alguma plebeia de olho na minha coroa?
Eu vou esperar, eu não vou desistir, eu que lutei tanto por você, não vou deixar de lutar agora.
Ainda enxergo em seus olhos aquele olhar no qual eu procurei abrigo e encontrei. E desculpa, mas eu não vou sair de lá, e não aceito dividir esse espaço com mais ninguém.

Line.


imagem daqui

8 comentários:

Jana disse...

porque conto de fadas não existem, tente o ver como alguém real e comum

beijo

maria disse...

nem me fala em finais infelizes... cadê o "e viveram felizes para sempre"???

-=|Åñä £ú¢¡ä|=- disse...

Os contos de fada acabam no casamento e, infelizmente, depois ninguém conta mais a hirtória.

Bjs.

Ana D disse...

Sobre sua intensidade: concorde, ser intesna é melhor, muito melhor que ser apática...tenho uma imensa "canseira" de pessoas "nada" rsrs...Seja !!
:)

simplicidade ao contrário disse...

amei.
Eu também acho que to estragando a minha felicidade,pq me empolgo demais.
característica marcante dos intensos!

=***

small_freedom disse...

O texto é lindo!!!
A imagem completa a beleza!!!
Estou apaixonada... será que cabe eu também??

;D

;********

O Profeta disse...

Atravesso o céu em sonhos
Três aves do mar, três raios de sol, três punhais
Seguem-me apontados à solidão
Ah este vento que sopra nos brandais


Vem partilhar comigo uma história real


Mágico beijo

Karen disse...

a grande verdade é que são tdos sapos, nos que enxergamos neles o principe que não snao. Cabe a nós amar os sapos. Assim, amamos ses defeitos e temos ciência destes...
Infelizmente, conto de fadas só existem nas livrarias. Mas há sapos incríveis por aí ;)

bjs