sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Mixed feelings

Ele.
Não posso. Ele repete esse mantra todos os dias em que sabe que ela estará por perto. Ele sabe que precisa manter o controle, disfarçar o desejo, mascarar a vontade...
E ela disse que viria, será que já chegou? A cidade é pequena, não demora e eles se esbarram por ai. Ele precisa estar preparado.
Ele namora há quatro anos, mas de repente sente-se atraído por ela. Ele tem consciência que não deve pôr em risco um amor de tantos anos por uma simples aventura. Mas mesmo assim ele a deseja, nunca desejou tanto alguém em sua vida, nunca teve que lutar tanto contra seus sentimentos. Talvez seja mais que uma aventura, ele pensa. E então não abre mão de seu desejo. Procura por ela e se declara, sempre, sempre. Mas a culpa fala mais alto, e ele mantém essa paixão apenas num mundinho paralelo, que ele mesmo criou, exatamente para protegê-la e mantê-la imaculada.
E ao pôr os pés na rua, lá está ela. Com um sorriso sem igual. Com as exatas feições que ela estava na última vez que se viram. Faz quanto tempo mesmo? Não importa. A cada passo que ele dá, ela está mais perto. E a vontade que ele tem é de correr para abraçá-la e dar o tão esperado, e adiado, primeiro beijo.
Mas ele não pode. Não pode! E passa por ela, mas os seus olhos verdes ficam. Um olhar de culpa, desejo e surpresa. E ele sabe que o seu olhar entregou tudo. Por mais que ele tente, e ele sempre tenta, os seus olhos entregam tudo... E os olhos que miraram os seus, que se agarraram aos seus, olhos negros de jabuticaba, lhe disseram que está tudo bem, que eles vão esperar, por mais que doa e a cada dia dói mais essa espera. Eles vão esperar até o momento em que serão fechados à espera de um beijo. O primeiro beijo...

Line.


Imagem daqui.

4 comentários:

ândria Halfen, disse...

Feliz 2009 Line :D

;*

Tata disse...

encontros e desencontros... =)
um lindo 2009 pra vc tb!!
bjo

Jana disse...

é nem sempre a gente pode...


beijo

Felipe Voigt disse...

PQP.... do caralho vc!
Matou a pau... virei fã!